Notícias

Reunião com o deputado federal Celso Russomanno

  • 24 de fevereiro de 2021

Em visita à sede do CRT-SP, parlamentar enfatiza aspectos sociais ao defender o direito ao trabalho e maior alcance dos técnicos com prestação de serviços à população menos favorecida

nião entre a diretoria executiva e o deputado federal Celso Russomanno na sede do CRT-SPReunião entre a diretoria executiva e o deputado federal Celso Russomanno na sede do CRT-SP

“A partir do momento que é criado um conselho profissional tem que ser respeitado, pois não podemos impedir ninguém do direito ao trabalho”, defendeu o deputado federal Celso Russomanno durante visita à sede do Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) em 23 de fevereiro de 2021. Na ocasião, Gilberto Takao Sakamoto explanou sobre os inúmeros trabalhos que os técnicos podem realizar dentro de suas respectivas modalidades – eletrotécnica, eletrônica, telecomunicações, mecânica, edificações, agrimensura, entre outras –, destacando a segurança e a economia que eles trazem para o consumidor. “Solicitamos apoio na divulgação das atividades dos técnicos, para que a profissão seja valorizada e a sociedade se beneficie com a contratação de profissionais devidamente habilitados”, disse o presidente do CRT-SP, enaltecendo a experiência e o engajamento do deputado como defensor dos direitos do consumidor e acrescentando que os técnicos também podem atuar como autônomos, inclusive em condomínios residenciais e comerciais. Em complemento, o diretor financeiro Pedro Carlos Valcante fez menção à plataforma online Técnico que Faz, desenvolvida com o intuito de conectar os técnicos com empresas, administradores de condomínios e a sociedade para gerar novas ofertas e oportunidades de trabalho.

O parlamentar enfatizou os aspectos sociais no que tangem aos serviços prestados por técnicos, em conformidade com as leis e resoluções que regem e disciplinam suas atribuições, com valores mais acessíveis e alcançando as classes sociais menos favorecidas. “Os técnicos têm maiores possibilidade de se aproximar da população de menor renda”, declarou ao tomar conhecimento que os Técnicos em Edificações e Construção Civil têm a prerrogativa de elaborar e executar projetos até 80m2 e realizar reformas em qualquer dimensão, desde que a estrutura de concreto armado ou metálica não seja afetada.

Celso Russomanno também se colocou à disposição do conselho para intermediar junto às prefeituras, órgãos da administração pública, cartórios e demais entidades para que os técnicos sejam inseridos em normas, portarias, resoluções e editais de contratação pública, garantindo-lhes assim o direito de emitir o Termo de Responsabilidade Técnica (TRT) sobre o serviço executado.

Além do presidente Gilberto Takao Sakamoto e do diretor financeiro Pedro Carlos Valcante, citados anteriormente, também participaram da reunião agendada pelo assessor de relações institucionais Edson Rabello: José Avelino Rosa, vice-presidente; Sandra Zamboli Fontana, diretora administrativa; Rubens dos Santos, diretor de fiscalização e normas; e José Donizetti Morbidelli, assessor de comunicação.

Últimas notícias

Técnicos em Metalurgia: dando “vida” ao metal bruto

Sistema CFT/CRT baixa resolução para definir e disciplinar as atribuições dos Técnicos em Metalurgia Resolução CFT nº 128/2021: conquista para os profissionais técnicos do setor…
Ler mais...

Fique atento à anuidade 2021

Sistema CFT/CRT estabelece novo prazo para pagamento à vista da anuidade 2021 e opção de parcelamento em até cinco vezes, tanto para pessoa física como…
Ler mais...

26 de março de 2021: aniversário da Lei nº 13.639/2018

Três anos de conquistas e garantia de novas atribuições para os profissionais técnicos de diversas modalidades, gerando empregos e impactando milhares de famílias Aniversário da…
Ler mais...

Reunião com o deputado federal Celso Russomanno

  • 24 de fevereiro de 2021

Em visita à sede do CRT-SP, parlamentar enfatiza aspectos sociais ao defender o direito ao trabalho e maior alcance dos técnicos com prestação de serviços à população menos favorecida

nião entre a diretoria executiva e o deputado federal Celso Russomanno na sede do CRT-SPReunião entre a diretoria executiva e o deputado federal Celso Russomanno na sede do CRT-SP

“A partir do momento que é criado um conselho profissional tem que ser respeitado, pois não podemos impedir ninguém do direito ao trabalho”, defendeu o deputado federal Celso Russomanno durante visita à sede do Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) em 23 de fevereiro de 2021. Na ocasião, Gilberto Takao Sakamoto explanou sobre os inúmeros trabalhos que os técnicos podem realizar dentro de suas respectivas modalidades – eletrotécnica, eletrônica, telecomunicações, mecânica, edificações, agrimensura, entre outras –, destacando a segurança e a economia que eles trazem para o consumidor. “Solicitamos apoio na divulgação das atividades dos técnicos, para que a profissão seja valorizada e a sociedade se beneficie com a contratação de profissionais devidamente habilitados”, disse o presidente do CRT-SP, enaltecendo a experiência e o engajamento do deputado como defensor dos direitos do consumidor e acrescentando que os técnicos também podem atuar como autônomos, inclusive em condomínios residenciais e comerciais. Em complemento, o diretor financeiro Pedro Carlos Valcante fez menção à plataforma online Técnico que Faz, desenvolvida com o intuito de conectar os técnicos com empresas, administradores de condomínios e a sociedade para gerar novas ofertas e oportunidades de trabalho.

O parlamentar enfatizou os aspectos sociais no que tangem aos serviços prestados por técnicos, em conformidade com as leis e resoluções que regem e disciplinam suas atribuições, com valores mais acessíveis e alcançando as classes sociais menos favorecidas. “Os técnicos têm maiores possibilidade de se aproximar da população de menor renda”, declarou ao tomar conhecimento que os Técnicos em Edificações e Construção Civil têm a prerrogativa de elaborar e executar projetos até 80m2 e realizar reformas em qualquer dimensão, desde que a estrutura de concreto armado ou metálica não seja afetada.

Celso Russomanno também se colocou à disposição do conselho para intermediar junto às prefeituras, órgãos da administração pública, cartórios e demais entidades para que os técnicos sejam inseridos em normas, portarias, resoluções e editais de contratação pública, garantindo-lhes assim o direito de emitir o Termo de Responsabilidade Técnica (TRT) sobre o serviço executado.

Além do presidente Gilberto Takao Sakamoto e do diretor financeiro Pedro Carlos Valcante, citados anteriormente, também participaram da reunião agendada pelo assessor de relações institucionais Edson Rabello: José Avelino Rosa, vice-presidente; Sandra Zamboli Fontana, diretora administrativa; Rubens dos Santos, diretor de fiscalização e normas; e José Donizetti Morbidelli, assessor de comunicação.

Últimas notícias

Técnicos em Metalurgia: dando “vida” ao metal bruto

Sistema CFT/CRT baixa resolução para definir e disciplinar as atribuições dos Técnicos em Metalurgia Resolução CFT nº 128/2021: conquista para os profissionais técnicos do setor…
Ler mais...

Fique atento à anuidade 2021

Sistema CFT/CRT estabelece novo prazo para pagamento à vista da anuidade 2021 e opção de parcelamento em até cinco vezes, tanto para pessoa física como…
Ler mais...

26 de março de 2021: aniversário da Lei nº 13.639/2018

Três anos de conquistas e garantia de novas atribuições para os profissionais técnicos de diversas modalidades, gerando empregos e impactando milhares de famílias Aniversário da…
Ler mais...