Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

CRT-SP recebe a visita do deputado estadual Caio França

  • 13 de julho de 2022

Parlamentar conhece a estrutura do conselho e coloca-se à disposição para cooperar nas demandas profissionais dos técnicos e da sociedade

Diretores e colaboradores com o deputado estadual Caio França na sede do CRT-SP

Como autarquia pública federal que integra o Sistema CFT/CRT, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT) está sempre de portas abertas para visitantes; inclusive para parlamentares que, de certa forma, queiram contribuir com a missão precípua da entidade de defender a sociedade por meio da fiscalização do exercício profissional, visando à prestação de serviços de qualidade e a valorização da profissão. Com essa premissa, no dia 12 de julho de 2022 o presidente Gilberto Takao Sakamoto – acompanhado de diretores, gerentes e assessores – recebeu a visita de Caio França, jovem e promissor deputado estadual que se colocou à disposição para cooperar nas demandas profissionais dos técnicos e da sociedade.

Desde o início da primeira gestão em janeiro de 2019 e a partir da eleição de abril de 2022, quando foi definida a nova diretoria para o período 2022/2026 – , o CRT-SP tem realizado uma série de ações que visam fomentar a participação dos técnicos no mercado de trabalho, com serviços executados com responsabilidade técnica por profissionais devidamente registrados para o exercício das atividades. “Em condomínios, por exemplo, mais de 90% dos serviços podem ser realizados por técnicos”, comentou o presidente após uma rápida contextualização sobre a criação do Sistema CFT/CRT a partir do desmembramento do antigo sistema ao qual os técnicos estavam inseridos. “Hoje nós temos aproximadamente 120 mil profissionais registrados e queremos divulgar o que eles podem fazer dentro de seus limites de atribuições, para que a profissão seja valorizada e a sociedade se beneficie com a contratação de profissionais habilitados”, complementa.

Diretor financeiro do CRT-SP, Pedro Carlos Valcante fez menção ao não cumprimento, à época, do Decreto nº 90.922/1985, que regulamenta a profissão dos técnicos em conformidade com a Lei nº 5.524/1968. “Mesmo com a regulamentação profissional, nós não éramos respeitados no antigo conselho”, recorda. Por sua vez, o diretor administrativo Welington Guilherme Rezende trouxe para o conhecimento do parlamentar um fato relacionado à fiscalização de obras em algumas prefeituras, responsabilidade que segundo ele deve ser delegada a profissionais – via seleção pública – que atuam ou com conhecimento na área.

Deputado estadual Caio França com o presidente do CRT-SP, Gilberto Takao Sakamoto

Por fim, o presidente mencionou sobre as oportunidades de trabalho geradas no setor técnico, comprovadas pelo crescente aumento na emissão de Termos de Responsabilidade Técnica (TRTs) como resultado das resoluções baixadas pelo Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), que normatizam e dão clareza às atribuições em diferentes modalidades: edificações, eletrotécnica, mecânica, agrimensura, telecomunicações, entre outras. Ou seja, o técnico está presente em todos os setores da economia, com a possibilidade de trabalhar como funcionário efetivo ou prestador de serviços autônomo.

Natural de Santos, Caio França é formado em direito pela Universidade Católica de Santos (UNISANTOS) e iniciou sua vida pública em 2008 ao se tornar o candidato a vereador mais votado da história de São Vicente, litoral sul do estado. Entre suas proposições que tramitam na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), destaque para o Projeto de Lei nº 251/2022 que “institui a política estadual de quotas nas instituições estaduais de ensino superior, técnico, tecnológico e profissionalizante, destinada às pessoas com deficiência”. Aliás, esse projeto vai ao encontro de uma série de iniciativas de inclusão social trazidas à mesa de debates em eventos e grupos de trabalho promovidos pelo CRT-SP.

Últimas notícias

SIRENEJUD: novas funcionalidades a serviço do meio ambiente

Técnicos em Meio Ambiente e Técnicos em Agrimensura podem se beneficiar das novas funcionalidades do sistema Técnicos em Meio Ambiente e Técnicos em Agrimensura podem…
Ler mais...

Na terça-feira tem eleições complementares do Sistema CFT/CRT

Programe-se para as eleições complementares que acontecem no dia 16 de agosto de 2022 Urnas disponibilizadas em todas as regiões do estado: escolha a de…
Ler mais...

Ação de fiscalização concentrada em Americana

Equipe de fiscalização do CRT-SP visita dezenas de empresas com efetivo técnico para orientar os responsáveis sobre a obrigatoriedade de registro no conselho Visitas monitoradas…
Ler mais...

CRT-SP recebe a visita do deputado estadual Caio França

  • 13 de julho de 2022

Parlamentar conhece a estrutura do conselho e coloca-se à disposição para cooperar nas demandas profissionais dos técnicos e da sociedade

Diretores e colaboradores com o deputado estadual Caio França na sede do CRT-SP

Como autarquia pública federal que integra o Sistema CFT/CRT, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT) está sempre de portas abertas para visitantes; inclusive para parlamentares que, de certa forma, queiram contribuir com a missão precípua da entidade de defender a sociedade por meio da fiscalização do exercício profissional, visando à prestação de serviços de qualidade e a valorização da profissão. Com essa premissa, no dia 12 de julho de 2022 o presidente Gilberto Takao Sakamoto – acompanhado de diretores, gerentes e assessores – recebeu a visita de Caio França, jovem e promissor deputado estadual que se colocou à disposição para cooperar nas demandas profissionais dos técnicos e da sociedade.

Desde o início da primeira gestão em janeiro de 2019 e a partir da eleição de abril de 2022, quando foi definida a nova diretoria para o período 2022/2026 – , o CRT-SP tem realizado uma série de ações que visam fomentar a participação dos técnicos no mercado de trabalho, com serviços executados com responsabilidade técnica por profissionais devidamente registrados para o exercício das atividades. “Em condomínios, por exemplo, mais de 90% dos serviços podem ser realizados por técnicos”, comentou o presidente após uma rápida contextualização sobre a criação do Sistema CFT/CRT a partir do desmembramento do antigo sistema ao qual os técnicos estavam inseridos. “Hoje nós temos aproximadamente 120 mil profissionais registrados e queremos divulgar o que eles podem fazer dentro de seus limites de atribuições, para que a profissão seja valorizada e a sociedade se beneficie com a contratação de profissionais habilitados”, complementa.

Diretor financeiro do CRT-SP, Pedro Carlos Valcante fez menção ao não cumprimento, à época, do Decreto nº 90.922/1985, que regulamenta a profissão dos técnicos em conformidade com a Lei nº 5.524/1968. “Mesmo com a regulamentação profissional, nós não éramos respeitados no antigo conselho”, recorda. Por sua vez, o diretor administrativo Welington Guilherme Rezende trouxe para o conhecimento do parlamentar um fato relacionado à fiscalização de obras em algumas prefeituras, responsabilidade que segundo ele deve ser delegada a profissionais – via seleção pública – que atuam ou com conhecimento na área.

Deputado estadual Caio França com o presidente do CRT-SP, Gilberto Takao Sakamoto

Por fim, o presidente mencionou sobre as oportunidades de trabalho geradas no setor técnico, comprovadas pelo crescente aumento na emissão de Termos de Responsabilidade Técnica (TRTs) como resultado das resoluções baixadas pelo Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), que normatizam e dão clareza às atribuições em diferentes modalidades: edificações, eletrotécnica, mecânica, agrimensura, telecomunicações, entre outras. Ou seja, o técnico está presente em todos os setores da economia, com a possibilidade de trabalhar como funcionário efetivo ou prestador de serviços autônomo.

Natural de Santos, Caio França é formado em direito pela Universidade Católica de Santos (UNISANTOS) e iniciou sua vida pública em 2008 ao se tornar o candidato a vereador mais votado da história de São Vicente, litoral sul do estado. Entre suas proposições que tramitam na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), destaque para o Projeto de Lei nº 251/2022 que “institui a política estadual de quotas nas instituições estaduais de ensino superior, técnico, tecnológico e profissionalizante, destinada às pessoas com deficiência”. Aliás, esse projeto vai ao encontro de uma série de iniciativas de inclusão social trazidas à mesa de debates em eventos e grupos de trabalho promovidos pelo CRT-SP.

Últimas notícias

SIRENEJUD: novas funcionalidades a serviço do meio ambiente

Técnicos em Meio Ambiente e Técnicos em Agrimensura podem se beneficiar das novas funcionalidades do sistema Técnicos em Meio Ambiente e Técnicos em Agrimensura podem…
Ler mais...

Na terça-feira tem eleições complementares do Sistema CFT/CRT

Programe-se para as eleições complementares que acontecem no dia 16 de agosto de 2022 Urnas disponibilizadas em todas as regiões do estado: escolha a de…
Ler mais...

Ação de fiscalização concentrada em Americana

Equipe de fiscalização do CRT-SP visita dezenas de empresas com efetivo técnico para orientar os responsáveis sobre a obrigatoriedade de registro no conselho Visitas monitoradas…
Ler mais...