Notícias

CRT-SP: buscando soluções para os técnicos em empresas de desmanche de veículos automotores

  • 19 de novembro de 2020

Deputado federal Luiz Carlos Motta visita a sede do CRT-SP e acompanha diretores em reunião por ele agendada com o diretor-presidente do DETRAN-SP

Um dia, duas reuniões: primeiro na sede do CRT-SP e, em seguida, no DETRAN-SP

No dia 19 de novembro de 2020 o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) recebeu a visita do deputado federal Luiz Carlos Motta, que pode conhecer as instalações e o trabalho realizado em favor dos profissionais técnicos e da sociedade. Pela diretoria, participaram da reunião o vice-presidente José Avelino Rosa, a diretora administrativa Sandra Zamboli Fontana, o diretor financeiro Pedro Carlos Valcante, e o diretor de fiscalização e normas Rubens dos Santos; destaque ainda para o assessor de relações institucionais, Edson Dagoberto Rabello da Silva.

Colaborativamente e com os agradecimentos do CRT-SP, o parlamentar agendou uma reunião com o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (DETRAN-SP), Ernesto Mascellani Neto, fazendo questão de acompanhar o vice-presidente e o diretor de fiscalização e normas no intuito de expor alguns problemas enfrentados pelos profissionais técnicos junto ao órgão; inclusive já expostos em ofício encaminhado ao presidente anterior: apresentação do CRT-SP e do Termo de Responsabilidade Técnica (TRT) como documento obrigatório que comprova a execução de serviços por profissionais habilitados; e, especialmente, a reivindicação para que o DETRAN-SP acate e publique nos documentos e portarias que o técnico também pode ser responsável por empresas de desmanche de veículos automotores. Além do próprio deputado e dos representantes do CRT-SP, também acompanharam a reunião, pelo DETRAN-SP, o diretor de veículos Juan Carlos Dans Sanchez, e a advogada e assessora Kélysta Ferreira.

Ernesto Mascellani Neto ouviu as explicações e se comprometeu a verificar a questão com seu corpo jurídico para tomar as providências que se fizerem necessárias. Essa também é uma reinvindicação do Sindicato das Empresas de Desmanche de Veículos e Comércio de Peças Usadas do Estado de São Paulo (SINDESMANCHE) que, inclusive, já esteve em contato com o CRT-SP para resolver essa pendência que afeta profissionais de várias modalidades.

Últimas notícias

Revista Oficial do CRT-SP para você!

Disponível, em versão digital, a Revista Ser Técnico Industrial [Edição 01 – Dezembro/2020], publicação oficial do CRT-SP Revista Ser Técnico Industrial [Edição 01 – Dezembro/2020],…
Ler mais...

CFT e ABNT firmam Convênio

Parceria garante aos técnicos consulta a normas técnicas e descontos para adesão de normas e cursos No dia 17 de novembro de 2020, o CFT…
Ler mais...

Técnico que Faz é destaque em site de associação

Em seu site, ACRESCE destaca plataforma online Técnico que Faz, informando que os técnicos podem executar diversos serviços em condomínios Técnico que Faz: para cadastrar…
Ler mais...

CRT-SP: buscando soluções para os técnicos em empresas de desmanche de veículos automotores

  • 19 de novembro de 2020

Deputado federal Luiz Carlos Motta visita a sede do CRT-SP e acompanha diretores em reunião por ele agendada com o diretor-presidente do DETRAN-SP

Um dia, duas reuniões: primeiro na sede do CRT-SP e, em seguida, no DETRAN-SP

No dia 19 de novembro de 2020 o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) recebeu a visita do deputado federal Luiz Carlos Motta, que pode conhecer as instalações e o trabalho realizado em favor dos profissionais técnicos e da sociedade. Pela diretoria, participaram da reunião o vice-presidente José Avelino Rosa, a diretora administrativa Sandra Zamboli Fontana, o diretor financeiro Pedro Carlos Valcante, e o diretor de fiscalização e normas Rubens dos Santos; destaque ainda para o assessor de relações institucionais, Edson Dagoberto Rabello da Silva.

Colaborativamente e com os agradecimentos do CRT-SP, o parlamentar agendou uma reunião com o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (DETRAN-SP), Ernesto Mascellani Neto, fazendo questão de acompanhar o vice-presidente e o diretor de fiscalização e normas no intuito de expor alguns problemas enfrentados pelos profissionais técnicos junto ao órgão; inclusive já expostos em ofício encaminhado ao presidente anterior: apresentação do CRT-SP e do Termo de Responsabilidade Técnica (TRT) como documento obrigatório que comprova a execução de serviços por profissionais habilitados; e, especialmente, a reivindicação para que o DETRAN-SP acate e publique nos documentos e portarias que o técnico também pode ser responsável por empresas de desmanche de veículos automotores. Além do próprio deputado e dos representantes do CRT-SP, também acompanharam a reunião, pelo DETRAN-SP, o diretor de veículos Juan Carlos Dans Sanchez, e a advogada e assessora Kélysta Ferreira.

Ernesto Mascellani Neto ouviu as explicações e se comprometeu a verificar a questão com seu corpo jurídico para tomar as providências que se fizerem necessárias. Essa também é uma reinvindicação do Sindicato das Empresas de Desmanche de Veículos e Comércio de Peças Usadas do Estado de São Paulo (SINDESMANCHE) que, inclusive, já esteve em contato com o CRT-SP para resolver essa pendência que afeta profissionais de várias modalidades.

Últimas notícias

Revista Oficial do CRT-SP para você!

Disponível, em versão digital, a Revista Ser Técnico Industrial [Edição 01 – Dezembro/2020], publicação oficial do CRT-SP Revista Ser Técnico Industrial [Edição 01 – Dezembro/2020],…
Ler mais...

CFT e ABNT firmam Convênio

Parceria garante aos técnicos consulta a normas técnicas e descontos para adesão de normas e cursos No dia 17 de novembro de 2020, o CFT…
Ler mais...

Técnico que Faz é destaque em site de associação

Em seu site, ACRESCE destaca plataforma online Técnico que Faz, informando que os técnicos podem executar diversos serviços em condomínios Técnico que Faz: para cadastrar…
Ler mais...