Notícias

CRT-SP: 7ª Sessão Plenária Ordinária

  • 6 de novembro de 2019

Assuntos deliberados: arquivamento de processo disciplinar e aprovação dos balancetes de agosto e setembro; quanto ao novo Regimento Interno, após leitura na íntegra a deliberação deve acontecer em sessão plenária extraordinária

 

7ª Sessão Plenária Ordinária do CRT-SP; fotos disponíveis na galeria de imagens

 

Após a verificação do quórum e execução do Hino Nacional Brasileiro o presidente do Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP), Gilberto Takao Sakamoto, deu início à 7ª Sessão Plenária Ordinária, realizada em 4 de novembro de 2019 no Auditório Alceu Rosolino em São Paulo. No início da sessão estavam à mesa o vice-presidente José Avelino Rosa, a diretora administrativa Sandra Zamboli Fontana, o diretor de fiscalização e normas Rubens dos Santos; posteriormente, juntou-se à diretoria executiva Pedro Carlos Valcante, diretor financeiro.

Dos itens constantes na ordem do dia, as atenções estavam mais voltadas para a discussão e aprovação do Regimento Interno, após um minucioso trabalho de revisão realizado pelo Grupo de Trabalho de Legislação, coordenado pelo conselheiro Maurício Tadeu Nosé. Antes, porém, foi aprovada a ata da 6ª Sessão Plenária Ordinária realizada em 21 de outubro; os balancetes financeiros referentes aos meses de agosto e setembro, após pedido de vista e relato dos conselheiros Wilson Wanderlei Vieira Junior e Nilson José Alves; e o arquivamento do processo disciplinar aberto contra o conselheiro Agostinho Ferreira Gomes, após pedido de vista e relato do conselheiro Altamar Antunes Alves.

Nos comunicados da mesa Sandra Zamboli Fontana destacou a visita do CRT-SP ao Departamento Autônomo de Água e Esgotos (DAAE) de Araraquara, com o objetivo de apresentar o conselho e esclarecer assuntos pertinentes a concursos públicos; e a participação na 34ª MOSTRATEC, uma das principais feiras de ciência e tecnologia da América Latina, realizada em Novo Hamburgo (RS). A diretora administrativa ressaltou também que o CRT-SP tem recebido várias solicitações de cadastramento por parte de empresas e instituições públicas; entre elas, a Prefeitura de Campinas.

Na sequência Antonio Carlos Moreira apresentou um relatório pertinente ao setor de fiscalização, tendo como parâmetro de trabalho o artigo 7º da Resolução CFT nº 045/2018, que “dispõe sobre a fiscalização do exercício profissional do Técnico Industrial, os procedimentos para formalização, instrução e julgamento de processos por infração à legislação e a aplicação de penalidades”; e o chamado Ciclo PDCA, método de gerenciamento com o objetivo de controlar e melhorar os processos e produtos de uma forma contínua, fundamentado em quatro fases ou premissas: “planejar (Plan), fazer (Do), verificar (Check) e agir (Action)” – daí, a origem do acrônimo mundialmente conhecido. “Hoje nós estamos iniciando a fase de execução e avançando nesse ciclo”, resume o gerente de fiscalização, citando alguns procedimentos quanto: às denúncias recebidas, diariamente verificadas; ao encaminhamento de ofícios às empresas comunicando sobre a necessidade do registro no conselho; e quanto às metas constantes no plano de ação de fiscalização para 2020.

Entre os comunicados dos conselheiros, Paulo Eduardo Finhane Trigo destacou o FUTURECOM 2019, maior evento de transformação digital, tecnologia e telecomunicações da América Latina, solicitando à diretoria executiva uma nota de agradecimento aos Técnicos em Telecomunicações Rubens de Campos e Márcio Mesquita de Souza, pelo apoio e empenho na apresentação do conselho aos expositores. “Após a realização da feira, várias empresas efetuaram registro no CRT-SP. Em todos os stands por onde passamos, Rubens de Campos ressaltou a importância do Termo de Responsabilidade Técnica (TRT)”, comunica. “Parabenizo a diretoria e os conselheiros do CRT-SP por se fazerem presentes no evento, e espero que no próximo ano estejamos lá não apenas como convidados, mas com um stand pra apresentar o conselho a todos”, elogiou e sugeriu o conselheiro Paulo Mori justificando que, apesar da feira estar na 21ª edição, é a primeira vez que os técnicos foram convidados para participar.

 

Regimento Interno – O conselheiro Maurício Tadeu Nosé externou sua gratidão aos integrantes do Grupo de Legislação pela revisão do Regimento Interno, ressaltando a necessidade da realização de reuniões extraordinárias para a conclusão do trabalho em tempo para deliberação plenária e homologação pelo Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP). Em nome da diretoria executiva, o presidente Gilberto Takao Sakamoto também agradeceu aos conselheiros envolvidos pelo trabalho.

Dada à importância da matéria e à necessidade dos conselheiros disporem de tempo para análise da redação de todos os artigos, foi acatada a sugestão da conselheira Daiana Aparecida Romanini Zanon Terêncio pela leitura integral do documento e o agendamento de uma sessão plenária extraordinária – ainda no mês de novembro – para deliberação e aprovação. Assim, a diretora administrativa Sandra Zamboli Fontana e o conselheiro Maurício Tadeu Nosé revezaram na leitura dos 123 artigos daquele que, quando aprovado e homologado, constituirá o novo Regimento Interno do CRT-SP.

Para ter acesso às fotos da 7ª Sessão Plenária Ordinária do CRT-SP, clique aqui.

 

Comentar