Notícias

Frente do Ensino Técnico: novos rumos para o ensino profissionalizante

  • 10 de abril de 2019

CRT-SP acompanha e apoia a instalação da Frente do Ensino Técnico na capital federal

Representantes do Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) estiveram em Brasília no dia 9 de abril de 2019 apoiando a instalação da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Ensino Técnico e Profissionalizante – ou, como está sendo chamada, Frente do Ensino Técnico –, realizada no Auditório Freitas Nobre na Câmara dos Deputados. Idealizada e presidida pelo Técnico Agrícola Giovani Cherini (PR-RS), o evento contou com uma presença massiva de participantes: parlamentares manifestando apoio, líderes de instituições de ensino e entidades de classe relacionadas ao setor industrial e agrícola, e dirigentes dos Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais (CRTs); entre eles, Gilberto Takao Sakamoto, presidente do CRT-SP. “O grande papel das frentes parlamentares é expor um assunto e protegê-lo dentro dessa casa, para que as nossas lutas e ações não sejam esquecidas”, anunciou Giovani Cherini, parlamentar que mais se articulou para a criação do conselho dos técnicos. “O técnico constitui a base da nossa sociedade, e o Brasil precisa dar mais valor para o ensino técnico profissionalizante”, continua, comemorando o recolhimento da assinatura de 218 deputados e 18 senadores. “Todos receberão informações sobre o andamento do nosso trabalho”, acrescenta o deputado. Acompanhado da diretoria executiva, o presidente do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT),Wilson Wanderlei Vieira, destacou o quanto é necessário investir e valorizar o ensino técnico; naturalmente que, como autarquias públicas, tanto o CFT quanto os CRTs desempenharão papel importante para que os objetivos sejam alcançados. Entre os parlamentares presentes, destaque também para o mineiro Padre João (PT-MG) e o alagoano Paulão (PT-AL), que acompanharam atentamente a tramitação do PL nº 5179/2016 nas comissões da Câmara dos Deputados e do PLC nº 145/2017 no Senado Federal antes de, finalmente, ser promulgada a Lei nº 13.639 em 26 de março de 2018.

A Frente do Ensino Técnico tem, entre seus propósitos, defender e fortalecer o ensino técnico e profissionalizante no país, bem como propor e analisar programas que disciplinem todas as questões referentes ao assunto. Para isso, o grupo pretende atuar junto ao Ministério da Educação, órgãos voltados para as instituições de ensino, entidades de classe e demais setores sociais. Além do presidente Gilberto Takao Sakamoto o CRT-SP também esteve representado pelo vice-presidente José Avelino Rosa; a diretora administrativa Sandra Zamboli Fontana; o diretor de fiscalização e normas, Rubens dos Santos; e o conselheiro federal, Valdivino Alves de Carvalho.

 

 

Grande número de participantes acompanha a instalação da Frente do Ensino Técnico

Comentar